logo


A Travessia...

A Travessia...

 

O cenário atual nos apresentou desafios individuais e coletivos. Por mais que se negue ou fuja, medos e angústias batem a nossa porta. E quando a fechamos, na tentativa de evitar o contato com o desconhecido ou com o que não nos deixa confortável, não raras vezes recebemos sua visita nas janelas do fundo. 

Acontecimentos cotidianos passíveis de controle nos são familiares. Mas e quando o incontrolável se apresenta? Confrontar-se com este tipo de situação, nos confirma a falsa e antiga ilusão de que a humanidade tem em acreditar que domina a natureza. Neste momento percebemos a fragilidade dessa ideia de onipotência, lançando luz sobre nossas vulnerabilidades. 

Surgimento de sentimentos de desamparo, privações e solidão, nos apresenta a necessidade de manejá-los, que pode ocorrer de diversas maneiras. Podemos paralisar e apresentar discursos e comportamentos negacionistas; ou acionar recursos internos, a rede familiar e social que dispomos, ingressando assim em uma travessia para superação de nossas dificuldades...

Travessia a partir do reconhecimento dos obstáculos apresentados pelo contexto que vivenciamos e do acolhimento de nossas dificuldades. Mas sobretudo ancorada na ampliação do horizonte: percebendo possibilidades, perspectivas e potencialidades individuais -  que constituem o fulcro para prosseguirmos. 

Neste sentido as adversidades nos reposiciona para o enfrentamento, nos colocando frente a frente com nossa capacidade de resiliência, oportunizando nosso crescimento.

 

Daniele Regina Pacher
Psicóloga Clínica

Top