Servidores fazem manifestação em frente ao STF por reajuste salarial
Data: 02/02/2015

Correio Braziliense: Servidores fazem manifestação em frente ao STF por reajuste salarial

Com cartazes e faixas, o grupo pede ao presidente da Suprema Corte, o ministro Ricardo Lewandowski, a aprovação de projetos de lei que tratam do tema.

Cerca de 200 servidores do Judiciário e do Ministério Público da União (MPU) fazem um protesto nesta manhã de segunda-feira (2/2) em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), na praça dos Três Poderes. O grupo pede ao presidente da Suprema Corte, o ministro Ricardo Lewandowski, a aprovação dos Projetos de Lei 7.919 e 7.920, que tratam do tema. Com cartazes e faixas, eles fecharam todas as vias do Eixo Monumental, no sentido Rodoviária do Plano Piloto.

As categorias afirmam que os reajustes feitos nos últimos três anos, durante a gestão da presidente Dilma Rousseff, não são suficientes e pedem reajustes de 30 a 40%. Eles reclamam que, no fim do ano passado, o Legislativo junto com o Judiciário aprovaram aumento de salários de magistrados, deputados, senadores e até da própria presidente da República, mas que os servidores das duas categorias ficaram de fora. “Não podemos aceitar uma política de reajuste linear por baixo, e por isso a nossa indignação. O topo da pirâmide recebeu reajustes generosos. Queremos o mesmo para a categoria dos servidores públicos”, afirmou o coordenador do Sindijus, Jailton Assis.

A Polícia Militar acompanha a manifestação, que é pacífica. Os servidores contam com o apoio da banda do Pacotão, bloco tradicional do carnaval de Brasília, que toca músicas em frente ao STF.

Clique AQUI para visualizar a matéria direto no site do Correio.

 


Fonte: Correio Braziliense