Menu Principal
ouvidoria
permuta/remoção
aniversariantes
informativos
convênios
Noticias

Deputado pede desarquivamento de PEC que propõe isonomia de benefícios no setor público

Quarta-Feira , 11 de Fevereiro de 2015

Enviar por e-mailEnviar por e-mail  |  Imprimir

 

O deputado Augusto Carvalho (SD-DF) apresentou requerimento nesta terça-feira, com base no Regime Interno da Câmara dos Deputados, solicitando o desarquivamento de todos os projetos de sua autoria. Entre eles está a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 271/13 que propõe isonomia de benefícios como auxílio-alimentação, creche, entre outros. Também nesta terça, a Condsef encaminhou um pedido de reunião com o deputado para discutir formas de impulsionar a tramitação e aprovação dessa matéria considerada fundamental para a maioria dos servidores. A isonomia dos benefícios permanece entre as principais bandeiras da campanha salarial unificada dos federais.
 
No texto de justificativa da PEC ganha destaque a diferença inaceitável do valor de verbas indenizatórias que são destinadas aos mesmos fins, como a alimentação de servidores, a preparação de seus filhos para a educação ou mesmo hospedagem para viagens a serviços. A Condsef, que defende o princípio isonômico e a unificação desses valores entre os Poderes, chama a atenção para o preocupante distanciamento entre os valores praticados gerando uma injustiça cada vez maior que deve ser combatida. Com relação ao auxílio-alimentação, por exemplo, servidores do Executivo continuam amargando o menor valor pago na administração pública (R$373), que permanece congelado desde 2013. Em outros benefícios como o auxílio-creche e plano de saúde essa maioria de servidores também está em desvantagem.
 
Isonomia de benefícios está também no Supremo – Além da PEC 271/13, há ainda um Recurso Extraordinário que questiona a equiparação do auxílio-alimentação do Executivo com os demais poderes aguardando julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF). Em dezembro de 2012, a Condsef se habilitou para atuar na condição de amicus curiae do processo, fazendo a defesa dos servidores para obter a equiparação do referido auxílio. Na esfera jurídica, a assessoria da Condsef continua acompanhando esses movimentos. Por isso, a Condsef continua orientando todos os servidores a aguardar o julgamento do processo que deve ocorrer no Plenário do STF, ainda sem data determinada.
 
Todos devem permanecer atentos. Novidades sobre reajuste em benefícios, a PEC 271/13, o julgamento de recurso no STF, entre outras notícias de interesse dos servidores públicos  continuar sendo divulgadas aqui em nossa página.

 

Fonte: Condsef

Envie Seu Comentário

Conteúdos Relacionados

onde estamos

Sindicado dos Servidores da Justiça do Trabalho dos Estados de Rondônia e Acre

 

Rua José de Alencar, N. 2381 - Apartamento 03
Bairro: Mocambo
Cep: 76801036
Fone: 69 3221 7288 - 69 3221 8226
E-Mail: sinsjustra@brturbo.com.br
Porto Velho - RO - Brasil

redes sociais

Twitter

Facebook

© Copyright 2018 - Todos os direitos reservados
SINSJUSTRA - Sindicato dos Servidores da Justiça do Trabalho dos estados de Rondônia e Acre